Bombas e cálculos Hidráulicos

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

Sumário

Bombas e cálculos Hidráulicos

Olá aqui é o Marcio sou dono de uma empresa de combate a incêndios, vou tratar o assunto direcionando para a minha área e usar o fluido água para esse post.

Fato n°1

 Sempre foi uma grande dificuldade informações básica sobre hidráulica para combate a incêndio atualmente existem apenas 1 única literatura que temos atualmente para tratar isso: Telmo Brentano. Vemos também que muitas universidades usam apostilas nem base respaldada para isso invés de usar a literatura específica ou a própria IT do corpo de bombeiro.

Nosso Assunto aqui é bombas e seus cálculos, mas antes de tratar isso achei necessário falar sobre esse pano de fundo importante.

Se tratando de suas variáveis e como formar este cálculo

Bem vejamos o nível básico para hidráulica e bombeamento precisamos entender que a necessidade de bombas nasce devido a necessidade de um transporte de um fluido de um de um ponto a até o ponto b na área de incêndios chamamos isso de recalque em palavras mais simples a força necessária que empurra a água, as variáveis controláveis e que mais são uteis para atingir esse objetivo mensurável seriam pressão e vazão. Na área de incêndios chamamos para a medida de pressão altura manométrica, no Brasil usamos já um calculo facilitado que nos dá a própria altura a vencer usada em metros como medida de pressão = altura manométrica na unidade de medida mca, por exemplo se tenho que fazer a água subir 3 metros de altura precisarei de 3mca de pressão para que isso aconteça, esse é o calculo bruto sem os detalhes…

A problemática do post é escolher uma bomba dentro de sua curva e como ela pode ser feita?

Usamos o uso de formulas já valiadas na ciência (mas um outro problema que tenho aprendido é que isso é uma outra coisa que aprendemos errado pois não se escolhe bombas apenas dessa maneira temos que tornar a ciência em pratica e se já não temos cursos bons nem para a parte de teoria o que falar de tornar esse conhecimento em pratica)

Vejamos a formula e a problemática de erros e como usar corretamente

Vejamos uma situação assumindo alguns valores:

Pressão = 100 mca

Vazão = 12m³/h

Vejamos nosso calculo: 

Potência:

100.00

12.01

1200.6915

6.353

CV

270

0.7

189

Nossa problemática aqui que eu e minha empresa já fizemos errado e que frequentemente vemos acontecendo em projetos e instalações é que não se compra bombas pela potência pois cada fabricante tem um rendimento diferente do outro e uma vez especificado um fabricante no projeto muitos simplesmente procuram outro concorrente pela informação de potencia ( recebemos frequentemente a solicitação de cotação como: quero comprar uma bomba de 6 cv)

Mesmo que tenhamos aprendido isso nas universidades isso nos resulta grandes prejuízos. Sendo assim é necessário uma grande experiencia para resolver isso lidando com projeto e entendendo também suas relações de rendimentos de bombas juntamente com suas curvas.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

Fale com um especialista

Converse com um especialista agora pelo WhatsApp

Obtenhas respostas imediatamente.
Clique aqui
CASES DE SUCESSO
Conheça alguns dos clientes que estão protegidos contra incêndio
VALE S.A.
SOTREQ
KOMATSU
ELETROBRAS
WEG
E MUITAS OUTRAS
FAÇA SEU PROJETO COM A ELFIRE
A Elfire hoje tem simplificado tudo no gerenciamento de proteção de incêndios, um processo muitas vezes confuso e burocrático para as empresas em todo o Brasil.
Fale com um agora!