Sistema de hidrante e mangotinho

Sistema de Hidrante e Mangotinho 

Os Sistema de Hidrante e mangotinho, são compostos de alguns elementos básicos:
  • TUBULAÇÃO;
  • HIDRANTES;
  • MANGOTINHOS;
  • MANGUEIRA DE INCÊNDIO;
  • ESGUICHO;
  • DISPOSITIVO DE RECALQUE;
  • BOMBA PRINCIPAL;
  • BOMBA DE PRESSURIZAÇÃO (JOCKEY);
  • RESERVATÓRIO E RESERVA TÉCNICA DE INCÊNDIO;
  • VÁLVULAS.

O sistema de hidrante é um importante sistema utilizado em edifícios para a segurança dos moradores, mas também podem ser utilizado em estabelecimentos comerciais e industriais. Acompanhe neste artigo o que são e quais as características de um hidrante.

Lembrando que todo sistema de combate a incêndio deve ser primeiramente projetado. Para saber mais deixo aqui embaixo alguns links de nossos conteúdos sobre projetos: 

Isenção de hidrantes 

Projetos de prevenção e combate a incêndios

Como você pode fazer o seu projeto de combate a incêndios

Engenharia de segurança contra incêndio

Como fazer um projeto baseado em desempenho

Sistema de hidrante e mangotinho placas
Sistema de hidrante e mangotinho mangueiras

Hidrante

Segundo a NBR 13714  a definição de hidrante é: ponto de tomada de água onde há uma (simples) ou duas (duplo) saídas contendo válvulas angulares com seus respectivos adaptadores, tampões, mangueiras de incêndio e demais acessórios.

Hidrante nada mais é do que um sistema hidráulico que combate incêndios e protege as pessoas e o patrimônio. É composto por um reservatório de água, bombas de incêndio, tubulações e peças hidráulicas, registro de manobra, abrigo de mangueiras e um registro de recalque. 

Junto com os sprinklers auxiliam no combate e extinção de incêndio. Os hidrantes são acionados manualmente e podem ser utilizados pelos próprios moradores em caso de emergência. Geralmente é disposto, em edifícios, na parede e o síndico ou outro operador responsável pelo equipamento deve contar com a chave de mangueira, o esguicho agulheta, dois lances de mangueira de 15 metros cada e os abrigos que devem estar devidamente sinalizados.

Como se opera um hidrante

Nas caixas de hidrante possui mangueira(s) encaixe as mesmas no registro, em seguida, abre esse registro para fornecer a água, a vazão e pressão estão determinados no projeto de combate a incêndio. O usuário deve tomar cuidado para não abrir ou fechar um hidrante muito rapidamente, pois isso pode causar um “martelo de água” , que pode danificar tubos e equipamentos próximos. 

Quando um bombeiro está operando normalmente usam equipamentos de proteção individual , como luvas e um capacete. A água em alta pressão correndo através de um hidrante potencialmente envelhecimento e corroído pode causar uma falha, ferindo o bombeiro ou pessoas próximas.

Percebemos que em volta dos hidrantes não se pode parar veículos ou restringir o seu acesso dentro das edificações com armários. A cor vermelha foi feita para indicar e facilitar sua localização, não pinte a caixa de hidrante de outra cor

Reservatório do sistema de Hidrante 

Geralmente a sua localização é na parte superior do edifício, mas se não há possibilidade para que mesmo possa ali ficar é admitido, desde que seja esclarecido o motivo ao Corpo de Bombeiros, que sua localização passe a ser na parte inferior. 

Deverá ainda ser observado o RTI (Reserva Técnica de Incêndio) que é o volume de água destinado aos casos de incêndio, cuja quantidade varia em cada edificação. Entretanto, o mínimo em um prédio residencial é de 4.200 litros e quanto maior for o empreendimento automaticamente maior também será essa reserva.

Os reservatórios devem ser resistentes ao fogo, por pelo menos 4 horas e serem feitos, preferencialmente de concreto armado e com 20 cm de espessura. 

Bombas de um sistema de hidrante

As bombas utilizadas devem ser do tipo centrífugas acionadas por motor elétrico ou a combustão.

O seu sistema deve ter duas bombas (uma principal e outra reserva) para pressurização e serem independentes da rede elétrica geral.

Procure deixar o quadro de automação das bombas no automático e evite o ponto neutro, assim não precisará de um bombeiro para executar a tarefa simples de reversão de quadro. E, se a chave geral de energia do seu prédio for desligada não afetará em nada o sistema de bombas.

Esguichos

 Estes dispositivos são para lançamento de água através de mangueiras, sendo reguláveis, possibilitando a emissão do jato compacto ou neblina, ou não-reguláveis, possibilitando somente a emissão de jato compacto.

Tubulações

Devem ser capaz de resistir ao efeito do calor, mantendo seu funcionamento normal.  

 Os materiais termoplásticos, na forma de tubos e conexões, somente devem ser utilizados enterrados e fora da projeção da planta da edificação, satisfazendo a todos os requisitos de resistência à pressão interna e a esforços mecânicos necessários ao funcionamento da instalação. 

Geralmente os materiais mais utilizados são o cobre, aço e PVC.

Teste de Estanqueidade

O sistema deve ser ensaiado sob pressão hidrostática equivalente a 1,5 vez a pressão máxima de trabalho, ou 1 500 kPa no mínimo, durante 2h. Não são tolerados quaisquer vazamentos no sistema. Caso sejam observados vazamentos, deve-se tomar as medidas corretivas indicadas a seguir, ensaiando-se novamente todo o sistema

 Funcionamento

Medindo a pressão e vazão no ponto mais favorável e menos favorável do hidrante.

  Plano de manutenção

Segundo a NBR 13714, o plano de manutenção tem como objetivo garantir que:

a) todas as válvulas angulares e de abertura rápida tenham sido abertas totalmente, de forma normal e manualmente,e, ao serem fechadas, tenha sido verificada a vedação completa, garantindo o bom estado do corpo da válvula com relação à corrosão; 

b) todas as válvulas de controle seccional tenham sido manobradas sem nenhuma anormalidade, inclusive com relação a vazamentos no corpo, castelo ou juntas; 

c) todas as mangueiras de incêndio tenham sido inspecionadas, mantidas e acondicionadas conforme a NBR 12779;

d) todos os esguichos tenham sido usados e sua capacidade de manobra verificada;

e) a integridade física dos abrigos tenha sido garantida;

f) todas as tubulações estejam pintadas sem qualquer dano, inclusive com relação aos suportes empregados;

g) a sinalização utilizada nos pontos de hidrantes e/ou mangotinhos esteja conforme o especificado;

h) os dispositivos de controle da pressão usados no interior das tubulações tenham sido verificados quanto à sua eficácia e ao seu funcionamento;

i) o funcionamento de todos os instrumentos e medidores instalados tenham sido verificados;

j) todas as interligações elétricas tenham sido inspecionadas e limpas, removendo oxidações;

l) as gaxetas dos motores/bombas tenham sido verificadas, reguladas ou substituídas, recebendo lubrificação adequada e demais cuidados, conforme instruções dos fabricantes;m) o(s) quadro(s) de comando e de alarme tenha(m) sido totalmente inspecionado(s), atestando seu pleno funcionamento.

Ligue e conte com o mais confiável e eficiente distribuidor para: 

Sistema de hidrante e mangotinho, mangotinho e hidrante combate a incêndio, teste estanqueidade, hidrante

Para mais informações sobre como estabelecer contato com o melhor distribuidor, ligue para a Elfire no seguinte número: (11) 3280.8097. Caso prefira, escreva para: contato@elfire.com.br, somos:

  • Sistema de hidrante e mangotinho, mangotinho e hidrante combate a incêndio, teste estanqueidade, hidrante para empresas;
  • Sistema de hidrante e mangotinho, mangotinho e hidrante combate a incêndio, teste estanqueidade, hidrante  para Shoppings;
  • Sistema de hidrante e mangotinho, mangotinho e hidrante combate a incêndio, teste estanqueidade, hidrante  para galpões;
  • Sistema de hidrante e mangotinho, mangotinho e hidrante combate a incêndio, teste estanqueidade, hidrante  para edifícios;
  • Sistema de hidrante e mangotinho, mangotinho e hidrante combate a incêndio, teste estanqueidade, hidrante  para comercio;
  • Sistema de hidrante e mangotinho, mangotinho e hidrante combate a incêndio, teste estanqueidade, hidrante para Museus;
  • Sistema de hidrante e mangotinho, mangotinho e hidrante combate a incêndio, teste estanqueidade, hidrante para hospitais;
Marcio Ferreira
Marcio Ferreira

Pesquisador no grupo de pesquisa em segurança contra incêndio Mestres do Fogo
Representante comercial varias empresas internacionais (importador de tecnologia de segurança de Incêndio).
Engenheiro Civil e de Combate a Incêndios - CREA nº 151671823-2
Mestre em Engenharia de Combate a Incêndios, Worcester Polytechnic Institute
Membro internacional da NFPA / SFPE / IAFSS / IAAI
CEO Centro de Projetistas de Combate a Incêndio Fire Masters Academy (Brasil)
CEO Elfire Equipamentos de Segurança (Brasil)
Diretor de Engenharia na Empresa Chamatex (Brasil)
CEO - Elfire Technology LLC (Miami - FL)
Tel: +1 (781) 796-7286

2 Comments

  1. Sistema de Hidrante e Mangotinho 61e84da973177b75e052744891286c86?s=38&d=mm&r=g 73Stepanie
    December 20, 2019 @ 7:48 pm

    I can see that your blog probably doesn’t have much visits.

    Your posts are interesting, you only need more new readers.
    I know a method that can cause a viral effect on your website.
    Search in google: Jemensso’s tricks

    Reply

  2. Sistema de Hidrante e Mangotinho f73412ec053edc9291dfe09c2ac25399?s=38&d=mm&r=g Conrad Destephen
    January 23, 2020 @ 6:36 pm

    Excellent site you have got here.. It’s difficult to find good quality writing like yours nowadays. I truly appreciate people like you! Take care!!

    Reply

Leave a Reply

Contato

Entre em contato com um de nossos especialistas.

  • +55 (11) 3280-8097
  • contato@elfire.com.br
  • Av.Reg. Feijó.944 - Vila Formosa, São Paulo - SP,
Localização

Av. Reg. Feijó, 944 – Vila Formosa, São Paulo – SP, 03342-000

Horários

08:00  – 18.00 
Segunda – Sexta

Contato

Phone: (11) 3280-8097
Email: contato@elfire.com.br